Centésimo sétimo dia

Estou em contagem regressiva para comemorar o décimo segundo aniversário de casamento!

A preparação para as núpcias não começou com a devida antecedência. Eu ainda nem estava acreditando no fato. 

Só fui ver mesmo a cerimonialista faltando cerca de oito dias antes da data da celebração. Deixei a mulher completamente louca sendo que eu já estava maluca também. 

Mesmo sendo tudo (casamento e festa) num sítio lindo, não estava conseguido escolher a decoração do ambiente. Muito menos os salgadinhos, doces, mesas de frutas, mesas de chá, bolo, decoração da mesa, as músicas, etc. Tudo foi de última hora, inclusive a Mercedes-Benz da foto que consegui emprestada num dia antes.

Quanto à escolha do vestido, porém, até que foi fácil. Fui à loja de aluguel, bati o olho na roupa, experimentei-a, ouvi a opinião de minha mãe  (e da avó materna do Rodrigo) e acabou sendo aquela peça mesma. Caiu como uma luva! Só precisou fazer bainha.

Depois de comprar o sapato, só restou a maquiagem. Mas o cabelo, demorou quatro horas para ficar pronto. Já não aguentava mais e estava quase pedindo para raspar tudo e pintar  (rsrsrs). O coqui não ficava bom de jeito nenhum. Na hora do casamento, ele despencou, mas deixa pra lá…

A filmagem e as fotos ficaram por conta do Rodrigo que contratou os profissionais. Até hoje não vi o filme! 

Apesar do corre-corre, valeu muito a pena. Saiu tudo perfeito. A cerimonialista foi ótima!

Depois que cheguei, relaxei. Entrei ouvindo Sara Brightman maravilhosamente cantando (e eu dublando) a musica do filme Titanic em italiano. E, quando chegamos próximo ao pastor, ele nos falou que o nosso casamento fosse uma “Arca de Noé” e não um Titanic.

Até agora, tem sido uma Arca de Noé, apesar das tempestades com seus raios e trovões. 

Beijos e boa semana!💋

Anúncios

Centésimo quarto dia

Nubia

Comecei minha fisioterapia hoje! Foi nos dedões dos pés.

 

Parece brincadeira, mas mal consigo andar por causa da artrose que tenho nos dois artelhos. Os exercícios que pareciam simples foram bem doloridos. E, quando vim para casa, as áreas próximas aos dedões dos pés continuaram doendo.

 

Alfredo, meu fisioterapeuta, já sabendo disso, recomendou-me que fizesse compressa quente ou gelada. Segundo ele, irá aliviar as dores.

 

Durante a fisioterapia, ouvi o relato de um rapaz que queria entrar  na Polícia (ou no Bombeiro) do Estado de São Paulo pois o salário inicial lá é de R$ 7.000,00 (sete mil reais). Só que ele tem várias hérnias de disco, um sério problema no nervo ciático e outros detalhes menores. Mas, mesmo assim, ele tentou e, com muita dificuldade, passou na prova.

 

Voltarei na próxima quinta à fisioterapia. Irei encontrar-me novamente com Alfredo, o que me faz bem aos olhos, e com a minha primeira fisioterapeuta, a qual havia me atendido alguns anos atrás na unidade básica de saúde de Muriqui.

 

Fico por aqui. Sobre a fisioterapia no ombro falo outro dia.

 

Ótimo final de semana para todos! Beijos.

Centésimo segundo dia

Dessa vez foi demais! Ela extrapolou! Mexeu com meus brios.😡

Se ainda fosse a primeira vez, mas não. Sofro com ela desde que comecei a morar aqui.😧👎

Neste Carnaval, foi o ponto final. Fiquei sem luz durante duas madrugadas e uma manhã inteira. Acordava ensopada de suor. Virava para um lado e para o outro sem conseguir dormir de tão quente que estava. Minha insulina guardada na geladeira nem sei se ainda faz efeito.😠

Pronto! A Ampla já está sendo processada e poderá ser condenada a me indenizar por danos morais. Ela merece perder cada tostão pedido pelos consumidores e gostaria de sugerir aos meus leitores que fizessem o mesmo.😎👍

Beijos.😘💋

Centésimo dia

Finalmente completo hoje 100 dias de blog…🇧🇷

Como fervi a cabeça! Uns dias mais e outros dias menos…🇧🇷

Houve textos que achei muito bons. E outros que considerei um lixo depois de escritos. Mas mesmo assim, não desisti.🇧🇷

Recebi uma foto pelo Whatsapp mostrando uma muvuca super animada pulando Carnaval. Uma galera que era pura adrenalina. E estava escrito embaixo que 

“O BRASIL SERIA A MAIOR POTÊNCIA DO MUNDO, SE O POVO TIVESSE ESSA MESMA DISPOSIÇÃO PARA LUTAR POR UM PAÍS MAIS JUSTO E HONESTO”🇧🇷

Desde que me conheço como gente (nasci durante a ditadura e uns 4 meses depois do AI-5), esse povo é composto por um bando de cordeiros bem obedientes. Agem sabendo exatamente o que fazer, para onde ir e tudo o que “seu mestre mandar”. Somos um bando de covardes que só falamos nas redes sociais, nos botecos, nas filas, mas não tomamos nunca uma decisão.🇧🇷

A decisão citada em nosso belo Hino da Independência, “ou ficar a pátria livre, ou morrer pelo Brasil”, só fica presa à palavra. E tenho a impressão de que nunca, jamais, terá força para virar a realidade do nosso povo tão cordeiro, tão gado, tão mandado, tão obediente. Povo que tem a sua cara quase arrastada no chão.🇧🇷

Nonagésimo nono dia

Carnaval para muitos é pula pula, brincadeira, beijo na boca sem compromisso, pura farra…👿

É alegria e animação… É alegria e animação… É alegria e animação…😃

É tristeza e desânimo… É tristeza e desânimo… É tristeza e desânimo…👹

Já cheguei nesta fase. No passado, eu amava o Carnaval. Começava a empolgação bem antes na preparação das fantasias, na verificação para onde iria viajar com minhas amigas. Era uma ansiedade gostosa.😁

Hoje fico em casa em frente ao ventilador, tossindo e sem ver TV pois ela está queimada. Eu que adorava assistir os desfiles e sonhava que, quando mais velha, iria um dia sair na Marquês de Sapucaí toda brilhosa de purpurina.🎉

Moro em Mangaratiba, uma cidade onde o prefeito sequer mandou verba para o Carnaval. E que todas as noites tem faltado luz. Uma merda!💩